Hoje eu encontrei com meu pai
e dói pensar
o quanto ainda sou filho .

É preciso matar meu pai
teu , nossos pais .

Mas sobretudo é preciso
sabê-los morrer
para não cometer suicídio .

Informações

Em 1976, aos 18 anos, em virtude de estrofes encabeçadas pelo verso Hoje eu encontrei com meu pai, David foi declarado poeta pelo escritor, dramaturgo e psicoterapeuta Roberto Freire em artigo intitulado É preciso saber morrer o pai para não cometer suicídio, que Freire publicou no periódico Aqui São Paulo e republicou em 1977 na abertura do livro Viva Eu, Viva Tu, Viva o Rabo do Tatu!.

Imagem de capa: montagem sobre “Father and his Son” de Gabriel Decker.

Veja também: